Devagar chegarei Aqui

quinta-feira, 26 de março de 2009

Consumo consciente

A Hora do Planeta



Pela primeira vez o WWWF-Brasil participa da Hora do Planeta, um ato simbólico, que será realizado dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.
O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem como objetivo chamar para uma reflexão sobre a ameaça das mudanças climáticas.

Participe! É simples. Apague as luzes da sua sala sábado 28 de março às 20h30.
Conheça o movimento



Simplicidade Voluntária

Vida simples ou simplicidade voluntária (em inglês: Downshifting) é um estilo de vida no qual os indivíduos conscientemente escolhem minimizar a preocupação com o "quanto mais melhor", em termos de riqueza e consumo.

Seus adeptos escolhem uma vida simples por diferentes razões que podem estar ligadas a espiritualidade, saúde, qualidade de vida e do tempo passado com a família e amigos, redução do stress, preservação do meio ambiente, justiça social ou anti-consumismo, enquanto outros escolhem viver mais simplesmente por preferência pessoal ou por razões econômicas - embora a vida simples seja essencialmente uma escolha e nada tenha a ver com "pobreza forçada".

A pobreza é involuntária e debilitante, a simplicidade é voluntária e mobilizadora, adverte Duane Elgin, autor do livro Simplicidade Voluntária. Significa fazer um esforço consciente para descobrir o que realmente é importante e abrir mão do que é supérfluo, descobrindo assim que uma vida mais frugal exteriormente pode ser muito mais rica e abundante interiormente
Fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Simplicidade_volunt%C3%A1ria


Simplicidade Voluntária é um conceito que pode receber muitas definições.

Como estilo de vida, é de caráter muito prático e adaptável às realidades individuais. Seus princípios e métodos tornam possível viver com opções mais conscientes, e desfrutar de mais saúde, prosperidade, liberdade e sentido de vida.

Saiba mais:
http://www.simplicidade.net/abertura.htm
http://www.simplicidadevoluntaria.com/socied.htm


Consumidor Consciente

O consumidor consciente busca o equilíbrio entre a sua satisfação pessoal e a sustentabilidade do planeta, lembrando que a sustentabilidade implica em um modelo ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável. O consumidor consciente reflete a respeito de seus atos de consumo e como eles irão repercutir não só sobre si mesmo, mas também sobre as relações sociais, a economia e a natureza. O consumidor consciente também busca disseminar o conceito e a prática do consumo consciente, fazendo com que pequenos gestos de consumo realizados por um número muito grande de pessoas promovam grandes transformações.

O consumo consciente pode ser praticado no dia-a-dia, por meio de gestos simples que levem em conta os impactos da compra, uso ou descarte de produtos ou serviços. Tais gestos incluem o uso e descarte de recursos naturais como a água, a compra, uso e descarte dos diversos produtos ou serviços, e a escolha das empresas das quais comprar, em função de sua responsabilidade sócio-ambiental. Assim, o consumo consciente é uma contribuição voluntária, cotidiana e solidária para garantir a sustentabilidade da vida no planeta.

Poder do consumidor pode frear mudanças climáticas e garantir sustentabilidade
Pesquisas desenvolvidas no Brasil e na Inglaterra indicam que o consumidor tem papel fundamental na sustentabilidade e seu comportamento tende a influenciar as políticas públicas locais
Conheça


Slow Food

O Slow Food é uma associação internacional sem fins lucrativos fundada em 1989 como resposta aos efeitos padronizantes do fast food; ao ritmo frenético da vida atual; ao desaparecimento das tradições culinárias regionais; ao decrescente interesse das pessoas na sua alimentação, na procedência e sabor dos alimentos e em como nossa escolha alimentar pode afetar o mundo.

O Slow Food segue o conceito da ecogastronomia, conjugando o prazer e a alimentação com consciência e responsabilidade, reconhecendo as fortes conexões entre o prato e o planeta. Hoje conta com mais de 80.000 associados que formam e mantêm nosso movimento.

Movimento Slow Food

Comer é fundamental para viver. A forma como nos alimentamos tem profunda influência no que nos rodeia - na paisagem, na biodiversidade da terra e nas suas tradições. Para um verdadeiro gastrônomo é impossível ignorar as fortes relações entre prato e planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e arranjar tempo para a saborear, é uma forma simples de tornar o nosso cotidiano mais prazeroso. Esta é a filosofia do Slow Food.

O princípio básico do movimento é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção, os produtores.

O Slow Food opõe-se à tendência de padronização do alimento no Mundo, e defende a necessidade de que os consumidores estejam bem informados, se tornando co-produtores.

"É inútil forçar os ritmos da vida. A arte de viver consiste em aprender a dar o devido tempo às coisas. " - Carlo Petrini, fundador do Slow Food

Rede Ecoblogs

A preocupação com o meio ambiente e a busca de alternativas sustentáveis são assuntos cada vez mais presentes, inspirando campanhas e mobilizações onde novos intrumentos de comunicação digital exercem hoje um papel fundamental. E-mails, sites, vídeos, fotologs, instant messengers, redes sociais e principalmente blogs se tornaram espaços para informar, discutir e divulgar novas idéias e experiências. Uma ajuda indispensável para todas as pessoas, neste processo de mudança de hábitos e conceitos, em prol de uma vida mais equilibrada, saudável e em harmonia com a natureza e a sociedade.


A Rede Ecoblogs vem para ser um agregador de posts relacionados ao tema e reunir em um só endereço os artigos, textos, dicas, relatos, inspirações e experiências sobre meio ambiente e sustentabilidade publicados pelos blogueiros participantes. Além disso, a Rede funciona como uma biblioteca online, deixando disponível, organizado, acessível e aberto o conteúdo replicado dos blogs.. Assim, a iniciativa une-se a outros sites e projetos em torno da causa socioambiental e, além de divulgar e apoiar os blogs participantes, motiva a discussão sobre o tema entre outros novos ou atuais blogs. A Rede

5 comentários:

disse...

Olá, obrigada por está participando do sorteio no Hey Cute!
Espero que você comente lá mais vezes!

Um beijo e boa sorte!

Sofia disse...

Tem sorteio de livro no meu blog! Vá lá conferir. :D

Dona Encrenca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bonitas e bacanas disse...

Muito bacana o post.
Tem tanta coisa que a gente pode fazer sem esforço.
Minha maior contribuição para o planeta foi ter deixado de consumir produtos de origem animal (ligação com pasto/efeito estufa/derrubada de florestas etc), mas tem outras coisinhas que dá pra fazer também e que são bem fáceis.

Benvinda ao meu blog.
Bjs

Paula Peck disse...

Gostei!